Entra e sente o perfume
das minhas flores...
Obrigada pela companhia e carinho.

Se puderes, envia-me as tuas pétalas e
moldarei novo canteiro neste jardim.

Podes publicar o que quiseres mas referencia este blog ou a sua autora - A_Medusa.

Há imagens que desconheço o autor. Se fores o seu autor avisa-me.

Sábado, 7 de Outubro de 2006

Uma belíssima oferta p'r'A_Medusa

MEDUSA

Quando a mente recusa
Razão e o viço vagueia,
Cega em mim serpenteia
Tua cabeça Medusa.

E a cabeleira que usa
Em tocha logo incendeia
O ventre e, então, se alteia
Outra cabeça confusa.

E essa cabeça que agito
Despreza logo o mito
Em que se cobre a mulher.

Tendo desejos em sobras,
Em ninho, arranjam-se as cobras,
Num ritual de prazer.

Erigutemberg Meneses



clique para ampliar a imagem escolhida
por A_Medusa.


floreado por A_Medusa às 16:32
em flor | a tua pétala aqui | favorito
2 comentários:
De Ni a 7 de Outubro de 2006 às 20:49
Adorei este poema como sempre a mesma sensualidade na escrita. Bj Bom Domingo...*


De Ni a 8 de Outubro de 2006 às 20:47
Venho desta vez para desejar uma optima semana cheia de coisas boas.Fica um Belo Poema de Álvaro de Campos...

--------------------------------

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas).
---------------------------------


Comentar post

********** Obrigada pela visita e comentário**********

medusadinha

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

pétalas novas

Eu até posava nua...

Doce perfume de mulher

poltrona da sílaba

Delírios

Lava de amor

de basalto enegrecido

Eu só queria...

Eroti_cidade

Arde-me a alma, brasio de...

De volta para o meu aconc...

canteiros

Dezembro 2014

Janeiro 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Maio 2012

Outubro 2011

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Pétalas

aniversário

apresentação

berço de ouro

canção dos bloguistas

flores da medusa

flores de outros autores

flores em destaque

flores especiais

histórico

mote

notícias

poesia em rede

sonetos

uma foto por ilha

todas as tags

Dezembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


amores-perfeitos

procura uma flor

 
SAPO Blogs

subscrever feeds